curta nossa fanpage siga-nos no Twitter visite nosso canal no Youtube Visite-nos no flickr Use nosso agregador de notícias
Acesso ao portal da transprência do MPRN.
Acesso ao serviço de informação ao cidadão (ouvidoria).
Acesso ao serviço de consulta de procedimentos extrajudiciais e processos judiciais.
 Imprimir 

O Estado do Rio Grande do Norte irá repassar R$ 912 mil por mês a partir do dia 11 de abril para os municípios potiguares. O montante diz respeito à manutenção dos Programas de Assistência Farmacêutica Básica (insumos e medicamentos) e ao Fortalecimento da Atenção Básica.

O repasse foi assegurado em audiência de conciliação presidida pelo desembargador do Tribunal de Justiça do Estado (TJRN), Cláudio Santos, entre o Estado, como réu, e o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) como autores da  Ação Civil Originária.

Participaram da audiência, realizada na manhã desta sexta-feira (17), pelo MPRN o coordenador jurídico judicial, o promotor de Justiça, Afonso de Ligório (representando o Procurador-Geral de Justiça) e o 47º promotor de Justiça da Comarca de Natal, com atribuição na defesa dos direitos à saúde, Carlos Henrique Rodrigues da Silva; pela Femurn, o presidente Benes Leocádio, e pelo Governo, o Procurador-Geral Adjunto do Estado, João Carlos Coque, e o secretário de Saúde do RN, George Antunes.

As partes ainda acordaram que farão uma reunião administrativa para definir uma planilha, por meio da qual serão estabelecidos os prazos e os montantes que estão atrasados. Cálculos iniciais, presentes nos autos, apontam para cerca de R$ 100 milhões.

O valor de R$ 912 mil devido pelo Estado mensalmente será repartido entre os municípios, excetuando-se Natal e Caicó (por já terem ações civis próprias requerendo seus repasses tramitando na Justiça).  

Na audiência, foi demonstrado que o Estado vinha descumprindo uma liminar que determinou a regularização de repasses mensais aos municípios e a abertura de crédito especial em favor do Programa de Assistência Farmacêutica Básica. Foi requerido o sequestro das verbas correspondentes nas contas do Governo do Estado.

*Com informações e foto do TJRN.

Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte
Procuradoria-Geral de Justiça
Rua Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, 97
Candelária - Natal/RN
CEP 59065-555
Tel.: +55 84 3232-7130