Imprimir 

Eleição ocorreu ontem (15), durante reunião do Grupo Nacional de Direitos Humanos do Conselho Nacional de Procuradores Gerais de Justiça


A promotora de Justiça e coordenadora do Núcleo de Apoio à Mulher Vítima de Violência Doméstica (NAMVID), Érica Canuto, foi eleita coordenadora da Comissão Permanente de Violência Doméstica (COPEVID), do Grupo Nacional de Direitos Humanos (GNDH) do Conselho Nacional de Procuradores Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG). A eleição se deu durante reunião do GNDH, realizada na  quarta-feira (15), em João Pessoa (PB).

A Comissão congrega promotores e procuradores de Justiça de todos os estados e do Distrito Federal, os quais promovem discussões, aprovação de enunciados sobre atuação de membros, além de articulações com organismos nacionais e internacionais de enfrentamento à violência doméstica contra a mulher.

Para a promotora de Justiça Érica Canuto, a importância de coordenar a Comissão Permanente de Violência Doméstica do CNPG é poder articular com os organismos públicos e ONGs nacionais e internacionais, contribuindo para o intenso debate sobre a atuação do Ministério Público na área de enfrentamento à violência de gênero contra a mulher. “Queremos cada vez mais dar voz às mulheres ocupando os espaços de representação”, disse.