Imprimir 

 
O Ministério Público, por meio do Caop Infância, Juventude e Família, realizou mais uma vez a Campanha Papai Noel nos Abrigos, que visa a arrecadação de presentes para crianças e adolescentes acolhidas institucionalmente nos abrigos do estado.
 
Esse ano foram contemplados cinco abrigos: Associação Macaibense de Acolhimento Institucional – Amai (Macaíba), Lar Bom Jesus (Nísia Floresta); Aldeias Infantis SOS Brasil (Caicó); Unidade de Acolhimento Shekinah e Casa Abrigo Santa Rita de Cássia (Parnamirim), beneficiando, no total, 93 crianças e adolescentes que se encontram institucionalizados.
 
As cartas foram escritas pelas crianças e adolescentes e adotadas por servidores e membros do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a entrega dos presentes iniciou-se na quarta-feira (17), na Associação Macaibense de Acolhimento Institucional (Amai).
 
Especificamente na Amai, vivem meninos e meninas com idade entre um mês de vida e 16 anos de idade. Para a psicóloga que trabalha no local, Verônica Bezerra, um momento como este, quando eles têm a oportunidade de verem uma vontade ser atendida, é muito importante. “São crianças e adolescentes carentes de um vínculo, por isso momentos de demonstração de afeto como este tem muito significado para todos”, avaliou.
 
Carrinhos, roupas, calçados, mochilas, bicicletas e até um bebê conforto foram alguns dos itens presenteados. Além disso, ainda foi arrecadada a quantia de R$300,00, utilizada para a preparação de lanche com salgados, cachorro-quente e bolo de chocolate para festejar a entrega dos presentes às crianças e adolescentes.
 
Na quinta-feira (18) foram realizadas as entregas no Lar Bom Jesus, em Nísia Floresta e nas Aldeias Infantis SOS Brasil, em Caicó. A arrecadação e entrega dos presentes nos abrigos de Parnamirim, ficou sob a responsabilidade da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca.