Rio do Fogo: MP quer coibir contratação temporária de agentes

» 8/5/2012 - 16:14h
por Diretoria de Comunicação




A 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ceará-Mirim expediu Recomendação ao Prefeito de Rio do Fogo, requerendo que este não encaminhe Lei de Contratação Temporária com a finalidade de nomear e empossar os Agentes de Segurança Pró-Cidadania, bem como os cargos que visam estruturar a guarda Municipal, tendo em vista o caráter inconstitucional do art. 10 daquela Lei.

O Projeto de Lei Complementar Municipal n° 002/2012, apresentado pelo Prefeito de Rio do Fogo, Egídio Dantas de Medeiros Filho, institui a Guarda Municipal no município de Rio do Fogo, com a criação de 20  cargos efetivos de Agente de Segurança Pró-Cidadania e 15 cargos comissionados destinados à estruturação da Guarda.

O art. 10 do projeto de Lei dispõe que “Os Agentes de Segurança Pró-Cidadania serão concursados podendo o Poder Público em caráter emergencial, contratar na forma da lei, em número que possa atender as necessidades do serviço”. As leis de contratação temporária de pessoal devem prever, expressamente, a real necessidade do município, o que não é verificado no mencionado artigo.

A 2ª Promotora de Justiça de Ceará-Mirim, Adriana Lira da Luz Mello, determinou o encaminhamento da Recomendação à Câmara Municipal de Rio Fogo, que aprovou a Lei em questão, a fim de que esta tome conhecimento do documento. A Promotora alertou ainda que caso necessário, o Ministério Público irá adotar todas as providências judiciais cabíveis para impedir a aplicabilidade da Lei Municipal nº 002/2012, sem a existência de concurso público para legitimá-la.

 

Contato: (84) 3232-7146 / pgj-ascom@rn.gov.br
Acesse o Portal de Notícias do MPRN www.mprn.mp.br

Mais Notícias



23/4/2014 - 16:30h - MP oferece denúncia contra ex-diretor do Presídio João Chaves
Ação Penal, impetrada pela 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Parnamirim, pede que Justiça condene Rondinelle Victor dos Santos por corrupção passiva
Leia mais


23/4/2014 - 14:11h - TJ acata agravo e Estado deve repassar duodécimo integral para MP
MP questionou não cumprimento pelo Executivo da Lei Orçamentária deste ano quanto ao montante mensal que deve ser repassado; Para TJ, corte compromete atuação
Leia mais


23/4/2014 - 13:16h - Mossoró: MP recomenda instalação de serviço residencial terapêutico
Município tem 12 pacientes residentes no Hospital São Camilo de Lélis, possibilitando a criação de duas residências terapêuticas
Leia mais


22/4/2014 - 16:32h - Assu: ajustamento de conduta fixa limite de gastos com festas juninas
TAC do MP com Município visa a racionalização de gastos e ainda investimento de R$ 150 mil na recuperação de três escolas municipais
Leia mais


22/4/2014 - 10:31h - Cruzeta: prefeito deve abster-se de fazer propaganda pessoal
MP orienta que a publicidade escrita, visual ou virtual de obras e serviços realizados pelo Município não seja noticiada em nome pessoal do prefeito
Leia mais


22/4/2014 - 09:57h - Parnamirim: Município deve facilitar acesso às informações
Prefeito precisa divulgar, de forma irrestrita, individualizada e nominal, as receitas e despesas de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal
Leia mais


22/4/2014 - 09:35h - Mossoró: MP ajuiza ação para Estado e Município convocarem concursados
MP quer que a Justiça determine que Estado e Município convoquem, nomeiem e empossem aprovados em concursos da saúde e substituam contratados precariamente
Leia mais


16/4/2014 - 16:27h - Justiça determina suspensão de alterações em edital de concurso
Justiça atendeu pedido do MP em ação civil pública, ao argumentar que após a realização do concurso, o prefeito publicou novo edital
Leia mais



OUTRAS NOTÍCIAS